Morre aos 81 anos Miss Biá, uma das pioneiras na cena drag do Brasil
Notícias

Morre aos 81 anos Miss Biá, uma das pioneiras na cena drag do Brasil

Faleceu aos 81 anos, vítima da Covid-19, a ativista Miss Biá, primeira drag queen famosa de São Paulo e uma importante voz na luta pelos em direitos LGBTQI+ do nosso país.

Com 60 anos se montando, ela enfrentou a ditadura e ajudou a abrir portas pra que hoje o Brasil tenha uma das maiores referências drags do mundo inteiro. “Onde eu estiver, a mais velha sempre sou eu. Porque não tem ninguém antes de mim”, palavras de Miss Biá em entrevista ao portal G1 no ano de 2017.

Após a notícia do falecimento, famosos postaram homenagens a este grande ícone que já deixa muitas saudades. Silvetty Montilla lamentou a morta em sua página do Instagram, ela postou uma foto ao lado de Miss Biá com a legenda: “Muito triste amigos essa notícia, minha grande referência. Miss Biá, descanse em paz, não vou mentir, estou sem chão“.

A cantora Aretuza Lovi também fez uma homenagem à Miss Biá: “Hoje o céu ganha uma estrela muito colorida e brilhante ! Tantos artistas surgem a cada dia, mas nunca devemos esquecer os que fizeram história para que pudéssemos estar aqui hoje. Miss Biá foi uma grande artista, lutou muito pela cultura da arte drag, ela representa resistência! Vai fazer muita falta! Sempre com seu sorriso, sua elegância e seu gritinho que marcou! Obrigada por tudo eterna Diva , obrigada por inspirar tanto 🌈🖤 R.I.P Miss Biá“, escreveu a drag queen.

Lamentamos profundamente a morte da Miss Biá. Nossos sentimentos à família e amigos.

Morre aos 81 anos Miss Biá, uma das pioneiras na cena drag do Brasil

Assuntos do Momento ⚡

To Top