Hashtag Pop

Governo de Alagoas desautoriza publicação de Carlinhos Maia sobre convite de vacinação

publicado em
Foto: Divulgação
Google Notícias

As contas oficiais de comunicação do Governo do Estado de Alagoas foram publicamente desautorizar a informação, ainda que indiretamente, de que Carlinhos Maia teria sido convidado para furar a fila da vacinação contra a Covid-19. O influencer havia publicado mais cedo, nesta segunda (18), que supostamente teria sido convidado para ser vacinado como uma forma de incentivar a adesão à campanha de vacinação por parte da população.

Mais cedo, Carlinhos Maia publicou, em seu Twitter, às 11h05: — Me convidaram aqui no meu estado para ser um dos primeiros a tomar a vacina. Não acho justo com quem ficou em casa todo o esse tempo, não aceitei. Mas filmarei mesmo assim para incentivar ainda mais a vacinação dentro do público que me segue.

Publicação original de Carlinhos Maia no Twitter, na qual afirmou ter recusado convite para furar a fila de vacinação como uma forma de incentivo à adesão da vacinação pela população Alagoana.
Publicação original de Carlinhos Maia no Twitter, na qual afirmou ter recusado convite para furar a fila de vacinação como uma forma de incentivo à adesão da vacinação pela população Alagoana.

Após a repercussão do post, às 14h12, do horário de Brasília, a conta oficial do Governo de Alagoas no Twitter e no Facebook publicou uma nota informando para qual público alvo seria destinado o primeiro momento da vacinação. Na publicação, o canal oficial afirma que não procede a informação de que convites teriam sido feitos a cidadãos fora do grupo prioritário, sem citar Maia diretamente.

Nota oficial do Governo de Alagoas, que desautorizou a publicação feita por Carlinhos Maia.

Essa não foi a primeira vez que Carlinhos Maia se envolveu em uma polêmica em relação à pandemia: recentemente, o portal Observatório dos Famosos, afiliado ao UOL, noticiou que 47 funcionários de um grande evento realizado por Carlinhos teriam sido contaminados pelo novo coronavírus.

Aparece na notícia:,
Topo