Hashtag Pop

Pressão estética: A saída de Jesy Nelson do Little Mix

publicado em
Foto: Jamie Simonds/BBC
Google Notícias

Na última segunda, 14, o mundo pop recebeu a triste notícia da saída de Jesy Nelson do Little Mix. A girlband, vencedora da oitava temporada do The X Factor UK, em 2011, comunicou pelo Twitter a saída da integrante, demonstrando seu apoio, além de anunciar que o Little Mix segue na ativa

Em seu Instagram, Jesy fez seu anúncio mostrando muita gratidão às meninas do Little Mix e aos fãs, afirmando que a pressão de estar dentro de um grupo é gigante, e que sente que esse é o momento que necessita para cuidar de si mesma. 

Post do Instagram de Jesy, se despedindo do Little Mix

Desde a formação do grupo, no The X Factor UK, Jesy sofre diversos ataques relacionados a sua aparência e peso. No documentário, Odd One Out, da BBC (2019) a cantora relata como o cyberbullying afetou sua saúde mental, levando até mesmo a uma tentativa de suicídio em 2013, no auge da sua depressão

A cantora explica que, desde criança, seu maior sonho era ser cantora e entreter seu público. Apesar disso, assim que alcançou sua meta, tudo que mais desejava era desistir e voltar para sua casa, devido a quantidade de comentários a chamando de “gorda” e “feia” em seu Facebook. Isso aconteceu durante toda sua trajetória no reality show, incluindo no dia em que foi anunciada a vitória do Little Mix. Até hoje, para ela ainda é uma tarefa difícil se assistir nos episódios do The X Factor, por trazer diversas lembranças de como essas opiniões maldosas a afetaram. 

Jesy também relata um episódio durante uma apresentação de divulgação do novo single da girlband. Ela afirma que passou fome por uma semana, e que tudo que mais desejava era que o público notasse que ela estava magra, ao invés de se preocupar com o andamento ou o sucesso da performance. 

Jesy Nelson, em recente publicação após o anúncio de sua saída do Little Mix

Esse é mais um caso de como o bullying baseado na pressão por um corpo visto como “padrão” tem sérias consequências, dentro ou fora do mundo dos famosos. É mais um exemplo de que corpos fora desse padrão – praticamente inalcançável – são vistos como passíveis a julgamentos, acima até mesmo do talento ou esforço que o artista põe em seu trabalho. 

Mais uma vez, podemos ver uma sociedade que não aceita qualquer comportamento distante do que foi imposto pela mídia como “bonito” ou “adequado”. Como consequência, parte dessas pessoas se sentem no direito de vocalizar suas opiniões, que foram socialmente induzidas pela ideia de que apenas esse padrão – magro, branco, eurocêntrico, sem nenhum tipo de marcas ou defeitos –  é aceitável. E para isso, se escondem atrás de telas que disfarçam suas verdadeiras identidades.

Diversos casos parecidos com o de Jesy já apareceram na mídia: Demi Lovato, Kesha, Cleo Pires… A lista de mulheres que sofrem as consequências dos comentários maldosos sobre suas aparências ou peso apenas cresce, podendo até mesmo ser você um desses exemplos.

Após nove anos de grupo, Jesy decide que é o momento de descansar de toda essa pressão. O que nos resta, agora, é estarmos mais atentos aos comentários que fazemos nas redes, tendo ciência de como cada palavra pode gerar consequências pelo resto da vida do próximo

Desejamos que Jesy Nelson tenha um incrível caminho de recuperação, cura e autoconhecimento, e que seus próximos projetos sejam repletos de amor e sucesso! Que a história de Jesy sirva de exemplo para que o mesmo enredo não se repita. 

Aparece na notícia:, ,
Topo