Cinema e TV

Websérie “Magenta” é indicada em 4 categorias Rio WebFest 2019

começa após a publicidade

Lançada no final de 2018, a websérie “Magenta” da produtora Linha Produções é indicada para o Rio WebFest 2019 em 4 categorias. Produzida, dirigida e interpretada por uma equipe de mulheres, a trama aborda a representatividade de um relacionamento LGBTQ+. São muito padrões sendo quebrados e a indicação fortalece a importância das lutas como produtoras independentes. A premiação ocorre no nos dias 15 a 18 de novembro de 2019, no Rio de Janeiro.

“Melhor Websérie Brasileira”, “Melhor Elenco de Drama”, “Melhor Trilha Sonora” e “Melhor Roteiro de Drama” foram as categorias as quais a trama foi indicada.
Magenta tem como protagonistas, as atrizes Giul Abreu e Priscila Buiar que interpretam, respectivamente, Nina e Manuela, um casal lésbico que tem seu relacionamento abalado com a chegada de Raphaela, interpretada por Rebeca Figueredo. Com o atual cenário nacional, a representatividade feminina e da comunidade LGBTQ+ se faz ainda mais necessária.

A premiação internacional do Rio WebFest está em sua 5ª edição este ano e, ao dar lugar para webséries, como Magenta, o festival abrange o olhar e a perspectiva de representatividade e voz a produtos que correm o risco de serem silenciados.

Se tratando de um produto independente construído na garra e boa vontade de todos da equipe que abraçaram o projeto, a conquista das indicações em um festival como o Rio WebFest é algo bastante desejado pelas diversas produtoras de audiovisual de caráter independente. Thaiane Soares, dona da Linha Produções, roteirista e diretora de magenta afirma que todos se encontram radiantes com a seleção.

continua após a publicidade

“Isso é a realização de mais uma etapa cumprida, de mais um passo dado para alcançar nosso objetivo e conseguir enxergar que todo o nosso sacrifício, todos os perrengues, enquanto produção audiovisual independente, valeram a pena. Se eu pudesse escolher mudar alguma coisa, eu não mudaria. Faria tudo exatamente como foi feito”, afirma Thaiane.

O festival oferece a oportunidade de maior visibilidade para os produtos audiovisuais. A diretora e roteirista da série ainda comenta a relevância dessas indicações. “A importância é de colocar cada vez mais em evidência a produção audiovisual independente. Para nós da Linha Produções, com uma equipe 100% feminina no set, abordando a temática LGBTQ+, essas indicações representam a resistência por tudo o que a gente acredita e vivência no nosso dia a dia”, completa.

continua após a publicidade

To Top