Todo Dia, de Pabllo Vittar e Rico Dalasam, retorna ao streaming

por
11/03/2020 15:19

Vitória no mundo pop! Após uma longa batalha judicial travada desde 2017, Rico Dalasam chegou a um acordo com os produtores musicais Rodrigo Gorky e Arthur Gomes. A disputa se iniciou quando Rico alegou ter sido lesado na divisão de lucros sobre os direitos autorais afirmando que não estava recebendo por interpretar a música. Segundo o advogado Felipe Caon, em entrevista para a coluna de Mônica Bergamo da Folha de São Paulo, os três receberão partes iguais sobre os direitos refentes a composição e interpretação.

A música havia sido retirada das plataformas de streaming em razão de um processo movido por Rico contra Gorky, no qual o cantor afirmou não estar recebendo pelos seus vocais. Na época, essas declarações sugeriram que ele havia sido passado para trás, acarretando em uma crise de imagem tanto para Rico quanto para Pabllo Vittar, intérprete principal da faixa.

A defesa dos produtores alegou que todas as partes haviam acordado em deixar os direitos interpretativos para os produtores enquanto os direitos de autoria iriam integralmente para Rico Dalasam, que por sua vez disse não ter concordado com a proposição.

A música está fora das plataformas de streaming e vendas desde 2017, e como consequência, a equipe de Pabllo Vittar foi obrigada a remover de seu primeiro álbum de estúdio “Vai Passar Mal” além de cortar a apresentação em shows. Ainda não há uma definição de quando a faixa voltará para as plataformas, mas estima-se que isso possa ocorrer a qualquer momento.